Em que posso ajudar

 

 

Ajudo casais, pais e crianças a criar relações mais harmoniosas e autênticas.

Procuro potenciar familias, para que entre os membros reine a harmonia e onde as  crianças possam ser livres para ser quem são, permitindo-lhes desenvolver todo o seu potencial criativo, tornando-se crianças confiantes, seguras e felizes. 

 

Tenho como missão ajudar FAMÍLIAS a atingirem o seu máximo potencial!

Quem sou?

 

Formei-me em Sociologia na Universidade do Minho e trabalhei durante muitos anos com pessoas, inicialmente na área social e posteriormente na área da formação, onde comunicar, motivar e a liderar grupos e equipas, era uma paixão.

A área da Família esteve sempre muito presente no meu percurso académico e profissional, levando-me a investir em três pós-graduações nesta área. (Pós graduação em Sociologia da Família, Pós Graduação em Mediação Familiar e Pós Graduação em Educação e Parentalidade Positiva).

A Certificação Internacional em Coaching e posteriormente em Coaching de Conflitos, surge da vontade de apoiar famílias e indivíduos na resolução de divergências, promovendo uma convivência com respeito e cooperação.

Quando fui mãe, senti necessidade de perceber melhor o desenvolvimento infantil e as suas fases, nomeadamente em termos cerebrais e emocionais, apostando em algumas formações na área da Neuropsicologia Infantil e Mindfulness para Crianças.

Aprendi muito sobre o ser humano, o seu crescimento e desenvolvimento. Aprendi muito, também, sobre as potencialidades e bloqueios da familia. Ou seja, como aqueles que nos rodeiam, podem expandir ou aprisionar o potencial de cada um de nós. 

Aprender a construir o bem-estar familiar

O meu trabalho visa criar e/ou potenciaciar um clima de harmonia e equilíbrio entre os elementos da família, sendo que o foco, será sempre o bem estar dos mais jovens.

Sabemos hoje, que o QE (quociente emocional) é mais decisivo para o sucesso que alcançamos na vida do que o QI (quociente de inteligência). As nossas emoções, a capacidade que temos para as gerir de forma eficiente e saudável, são fundamentais para o equilíbrio e sucesso, quer na escola, quer na vida em geral. Educar de forma positiva é desenvolver na criança a capacidade de se auto-regular e se focar no que realmente interessa, permitindo-lhe um desenvolvimento emocional potenciador de aprendizagem contínua e eficiente.

 A Consultoria Familiar e parental tem como objetivo aconselhar e orientar os pais na desafiante tarefa de educar os seus filhos, procurando fornecer metodologias e estratégias facilitadoras da tarefa educativa, através da parentalidade positiva. 

Pretendemos criar um espaço de reflexão onde pais e filhos se possam sentir ouvidos e desenvolvam novas estratégias, ferramentas e competências, para reforçar a relação entre eles. 

Quando reina o conflito

 

Quando duas partes estão em conflito, é mais rápido, carrega menos traumas e, em geral, deixa mais satisfeitos os envolvidos, quando se recorre a um Mediador Familiar, principamente se esta for apoiada pelas metodologias do coaching.

 

A mediação familiar é uma técnica de natureza transformadora, conduzida por alguém exterior, imparcial e qualificado, cuja finalidade é auxiliar as partes no retorno ao diálogo, facilitando a resolução de conflitos próprios da separação, com especial atenção aos filhos.

 

 Os principais focos da nossa intervenção são:

  • O Coaching de conflitos
  • A mediação  de conflitos familiares
  • A avaliação psico-social, essencialmente em processos de Divórcio/separação, com necessidade de regulação das responsabilidades parentais
  • Apoio na promoção da Parentalidade Positiva
  • O desenvolvimento de competências, na criança ou adolescente, que lhes permitem reconhecer, expressar e gerir emoções, construir relações saudáveis, estabelecer objetivos positivos e dar resposta às suas necessidades pessoais e sociais.

Pretendo criar um espaço de reflexão onde os casais e os pais se possam sentir ouvidos e desenvolvam novas estratégias, ferramentas e competências, para lidar com o conflito. O foco da  intervenção são as crianças, com objectivo de garantir aos menores o direito ao convívio regular com ambos os pais e família alargada.

Educação socio-emocional

 

A aprendizagem social e emocional é o processo através do qual cada criança desenvolve a sua capacidade de integrar o pensamento, a emoção e o comportamento para alcançar e concretizar tarefas sociais importantes.

 

Através de metodologia usadas no Modelos SEL (social and emocional learnig) baseado nas teorias de Gardner (teoria das inteligencias multiplas) e Goldman  (inteligencia emocional), utilizando também os contributos do coaching, da neuropsicologia infantil e as metodologias do mindfulness para crianças, tenho como objectivo desenvolver, com crianças, jovens e adolescentes, um programa de desenvolvimento integrado e interrelacionado de competências cognitivas, emocionais e sociais, agrupadas numa estrutura de cinco grandes domínios:  

  • Autoconhecimento; 
  • Autogestão; 
  • Consciência social; 
  • Relação interpessoal; 
  • Tomada de decisão responsável.